Arte Equestre em Belém

Recuperação dos edifícios de apoio à Escola Portuguesa de Arte Equestre na Calçada da Ajuda

recuperacao_dos_edificios_de_apoio_a_epae_na_calcada_da_ajuda-noticia-epae

A Parques de Sintra iniciou, no fim do mês de outubro, um conjunto de intervenções para a recuperação dos edifícios de apoio à Escola Portuguesa de Arte Equestre (EPAE) no Pátio da Nora, na Calçada da Ajuda, em Lisboa.

Com o objetivo de melhorar as condições de trabalho dos colaboradores da EPAE, de aumentar e modernizar as cavalariças e de reforçar o apoio à zona de espetáculos (no Picadeiro Henrique Calado), estas obras de beneficiação abrangem o conjunto dos três edifícios do Pátio da Nora.

Numa primeira fase da obra (com duração prevista até janeiro de 2017), um dos edifícios será recuperado e adaptado a cavalariças, albergando também outras estruturas de apoio, como duches cobertos, espaço para o ferrador, armazém de feno, sala de arreios, lavandaria e sala de farmácia. O portão principal do Pátio da Nora será alargado e a guarita também será alvo de intervenções nesta fase.

Num segundo momento (até março de 2017), as obras de recuperação incidem no edifício administrativo, suprindo-se assim a carência de instalações para colaboradores, bem como a inexistência de gabinetes para a direção da EPAE. O piso 0 deste edifício terá balneários e instalações sanitárias, enquanto o piso 1 disporá de gabinetes de trabalho.

O edifício que albergou até agora as cavalariças continuará a servir o mesmo propósito, mas será requalificado: as boxes serão ampliadas e modernizadas, passando a permitir o acesso dos visitantes ao interior das cavalariças nos dias em que há apresentações regulares no Picadeiro Henrique Calado.

Os espaços exteriores serão também intervencionados, sendo que o programa do projeto prevê o tratamento de conservação e restauro dos elementos identitários do espaço, de forma a devolvê-los à sua matriz original.